Vinho Tinto Francês Côtes du Rhône Villages Château La Borie 2019

CÓD. 1081

DESCRIÇÃO

A Família Bellini descende de uma linhagem de proprietários de terras que começaram a distribuir os produtos de suas fazendas final do século XIX, dando uma atenção especial à produção de vinhos. A produção vinícola teve um forte crescimento na década de 50, começando a expandir seus negócios não apenas dentro do território italiano, mas também em toda a Europa. Hoje em dia a quinta geração de enólogos da família Bellini, fortalecida no mercado europeu, passou a exportar seus vinhos para além da Europa, tornando-se uma marca conhecida e apreciada em todo o mundo.

Pontuações:
95 Pts Decanter  
4.2 Vivino

Ficha técnica:

13,5%

16°C a 18°C

55% Syrah, 40% Grenache, 5% Mourvèdre

Granada escura

Aromas complexos de amora, cassis e framboesa preta misturados com petrichor, frutas negras, bacon defumado e ervas queimadas

Filé grelhado ao molho de pimentas, polenta mole com ragu de costela defumada, ensopado de coelho ao molho de alecrim

Complexo e frutado, mostrando sabores de ameixas vermelhas e pretas, sabugueiro, amora e rosa mosqueta. O final é gracioso e suculento, pontuado por taninos bem equilibrados e um tom terroso

8 meses de estágio em barricas de carvalho

Sobre França

 

 

A França é o mais tradicional produtor de vinhos de qualidade e maior referência em todo o mundo, produzindo uma grande diversidade de estilos, que geralmente servem de inspiração para os vinhos criados em todos os cantos do globo. O país oferece vinhos grandiosos nas mais diversas regiões, ajudando a definir o conceito de terroir. São vinhos franceses feitos para serem servidos à mesa e os melhores são capazes de envelhecer por muitos anos.

O país é um dos maiores produtores e, também, uma das grandes nações consumidoras do vinho. Reconhecida mundialmente como a maior potência vinícola do mundo, a França produz, em média, 4,6 bilhões de litros anualmente, além de ostentar o maior consumo per capita entre todos os países do continente.

Com mais de 15 regiões vinícolas em seu território - entre as quais algumas das mais famosas do mundo do vinho, como Borgonha, Bordeaux, Champagne, Loire, Alsácia Francesa e Vale do Rhône -, a França é um dos países mais cultuados quando o assunto é a variedade de rótulos, graças à ampla diversidade de uvas cultivadas em seus vinhedos.

Castas como a Malbec, Merlot, Chardonnay, Riesling, Pinot Noir, Carmenère e Sauvignon Blanc são responsáveis pela criação de vinhos franceses únicos e incomparáveis, com características peculiares que exprimem da melhor forma as variações de terroirs da França. Os vinhos da França são, sem dúvidas, uma das grandes referências mundiais para a definição deste conceito, chamado 'terroir'.

A tradição vinícola do país é sustentada pelo constante aprimoramento de seus métodos de cultivo e técnicas de vinificação no decorrer dos anos, o que garantiu à França prestígio e reputação indeléveis. Por abrigar muitos dos principais produtores de vinho do mundo em seu território, a França possui centenas de denominações AOC (Appellation d’Origine Contrôlée).

Elaborando vinhos franceses capazes de envelhecer por muitos anos, a França possui o vinho não somente como parte de sua cultura, mas também como parte de sua história.